Celular esquentando? Aprenda aqui o que pode ser feito!

É bem provável que você já tenha percebido seu celular esquentando. Mas também não é para menos. Recursos robustos e quantidades significativas de memória RAM: tudo isso se faz necessário para o funcionamento de diversos apps, cada vez mais pesados. Essa grande demanda por processamento reflete no alto consumo de energia e na deficiente dissipação de calor em smartphones, que acabam superaquecendo.

 

Mas além de conhecer o que causa esse problema, é preciso saber como evitá-lo. Por isso, fique frio: a partir de agora você confere o que fazer para fazer seu celular esquentar menos. Confira as dicas abaixo.

Tenha cuidado especial com os dias quentes

O Brasil é um país de clima quente, onde as altas temperaturas predominam. E certamente o calor do ambiente acaba influenciando no aquecimento do seu celular. Esse problema não é tão controlável, no entanto é possível atenuar a situação evitando deixar o seu celular no Sol ou guardar em lugares abafados ou sem ventilação, especialmente se ele estiver carregando ou executando alguma tarefa específica — um download, por exemplo.

Não utilize carregadores inapropriados ao seu aparelho

O compartilhamento de carregadores, ou mesmo o uso acidental de um outro carregador no seu celular, pode causar mau funcionamento nele. Isso porque cada dispositivo móvel tem uma quantidade certa de energia para receber. Portanto, se esse fluxo for maior do que o necessário para o carregamento do seu aparelho, o superaquecimento é quase certo.

Desative recursos desnecessários

Além dos aplicativos, funcionalidades como Bluetooth, Wi-Fi e GPS devem permanecer desligadas quando não estiverem em uso. Isso já alivia bastante o processamento do aparelho, o que resulta em temperaturas menos elevadas para ele.

Aplicações gráficas: use com moderação

Além dos processadores (CPUs), os smartphones mais recentes contam com unidades de processamento gráfico (GPUs). Isso porque os games para plataformas iOS e Android consomem cada vez mais recursos de processamento, o que demanda um chip gráfico dedicado, assim como nos PCs e consoles.

 

A diferença é que, nos dispositivos mobile, não há grandes dissipadores de calor. Resultado: os games mais pesados acabam gerando superaquecimento nos celulares, especialmente se tiverem requisitos gráficos acima de suas especificações. O mesmo acontece com filmes e vídeos em resoluções 4k e full HD, que utilizam o processamento do celular para execução de elevadas taxas de quadros por segundo em altíssima qualidade.

 

Passar o dia inteiro rodando uma aplicação pesada é garantia de que seu celular vai superaquecer. É por isso que os jogos para smartphones costumam ser voltados para pessoas que jogam com pouca frequência. No caso dos jogadores assíduos, o mais indicado é a utilização de console ou PC gamer. Isso não quer dizer que você não possa desfrutar dessas diversões no seu aparelho, mas um pouco de moderação pode vir a calhar.

Utilize apps que monitoram a temperatura

Há diversos aplicativos na App Store e na Google Play Store que funcionam como ferramentas eficientes de monitoramento da temperatura do seu aparelho. Alguns deles poderão até fornecer informações sobre a quantidade de dados utilizados e o uso da CPU. Entre essas aplicações podemos citar o iStat (para iOS) e o TempMonitor (para Android). Vale conferir!

Desinstale apps fora de uso

Alguns aplicativos consomem muita memória e processamento do seu aparelho, mesmo rodando em segundo plano. Portanto, desinstalar aqueles que não estejam em uso melhora significativamente o desempenho, evitando o aquecimento do celular.

 

Para concluir, é importante lembrar que, se seu celular continuar aquecendo mesmo depois dessas dicas, é melhor levá-lo a uma assistência técnica. Pode ser que o superaquecimento do aparelho represente um problema de hardware. Nesse caso, a análise de um especialista no assunto pode evitar a perda total do seu smartphone.

 

Porém, de nada adianta levar o celular para a assistência se ele não for compatível com o seu padrão de uso. Qualquer ajuste, será apenas temporário. Você estará apenas adianto o inevitável. Sendo assim, se o aparelho for muito antigo ou se você estiver exigindo dele mais do que pode entregar, considere a possibilidade de adquirir um smartphone mais poderoso.

 

E você, já teve problemas com celular esquentando? Conseguiu resolver? Então aproveite os comentários abaixo e conte como você solucionou o problema. Se tiver uma dica diferente para dar, melhor ainda!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Carrinho (0)

Cart is empty Seu carrinho está vazio.

Vo Levar Xiaomi

O menor preço Xiaomi em BH



Precisando de ajuda?