Como faço para aumentar a segurança de dados do meu celular?

Atualmente, o smartphone é o acessório mais valioso na vida de qualquer pessoas. Afinal, praticamente tudo está guardado dentro dele — desde as fotos dos momentis mais especiais até as nossas conversas mais importantes e informações bancárias.

 

Considerando esse cenário, te perguntamos: Você sabe como aumentar a segurança de dados no seu celular? Esse é um conhecimento imprensindível para se proteger de invasões ou tentativas de golpes por parte de criminosos. Se você ainda não sabe, fique tranquilo, pois chegou a hora de aprender!

1. Configurar a autenticação em duas etapas em aplicativos

A primeira etapa para aumentar a segurança de dados no seu celular é saber que existem alguns aplicativos que são “porta de entrada” para o seu aparelho.

 

Especialmente para se blindar de criminosos que buscam obter informações em relação a suas conversas com as pessoas, como em aplicativos do tipo do WhatsApp, Instagram ou Telegram.

 

A autenticação em duas etapas é a a principal maneira de proteção pois garante que terceiros não conseguirão entrar no seu aparelho sem o uso de uma senha determinada na segunda etapa.

Configuração duas etapas do Whatsapp

Para fazer a autenticação em duas etapas do WhatsApp, siga esse passo a passo:

  1. Entre no menu de configurações do WhatsApp;
  2. Clique em “Conta”;
  3. Depois, em “Confirmação em duas etapas;
  4. Estabeleça uma senha e um e-mail de segurança.

Configuração duas etapas Google e Apple ID

As contas Google e Apple ID são extremamente sensíveis. Se o seu telefone utiliza o sistema Android, ele será vinculado a uma conta do Google. Se for um iPhone, ele será vinculado a um Apple ID.

 

Ambas têm acesso a dados e aplicações relacionadas ao celular e também de pagamento. Um hacker pode deletar todos os seus dados, utilizar suas informações ou espalhar seus dados pessoais pela internet.

 

Para se proteger de forma eficiente, nossa sugestão é utilizar a verificação em duas etapas. Cada fabricante disponibiliza um método próprio desse recurso, procure saber de que forma o seu modelo permite essa função.

Google:

Você pode ativar a verificação em duas etapas no painel de segurança da sua conta Google. O Google permite que você use um aplicativo gerador de código, códigos recebidos por SMS ou uma chave de segurança (método mais seguro, mas que requer a compra da chave). O uso do aplicativo gerador de código (Google Authenticator) é o método mais indicado.

Apple:

Para ativar essa segurança extra a partir de um iPhone, siga estes passos:

  1. clique em “Ajustes”;
  2. clique na opção de Apple ID, onde está o nome cadastrado no celular;
  3. clique em “Senha e Segurança”;
  4. ative a autenticação em duas etapas, caso ela ainda não esteja ativada;
  5. e adicione seu número aos “celulares confiáveis”.

2. Usar múltiplas senhas

Não usar sempre a mesma senha para todos os seus aplicativos é uma das maneiras mais básicas de segurança, e não é a toa, pois funciona! Se você usar a mesma senha para tudo, qualquer indivíduo mal intencionado que descobrir essa única senha, consegue fazer um estrago enorme.

 

Para não correr esse risco, crie várias senhas. Nossa sugestão é ter uma para cada conta, mas é importante se organizar para evitar confusões. A começar pela senha de desbloqueio. Se você utilizar uma senha para desbloqueio do seu aparelho, você impede que suas informações sejam vistas por terceiros.

 

Para ir além deste primeiro passo, aproveite que alguns aplicativos oferecem configurações de senhas para proteger o acesso. O usuário também pode escolher quais apps serão bloqueados, protegendo arquivos até que a senha correta seja inserida.

4. Cuidado com os apps que você instala no celular

Esse risco é enorme principalmente nos celulares Android. Devido à grande flexibilidade dada aos seus desenvolvedores, é comum encontrar softwares infectados ou sem propósito.

 

Sempre que for instalar um novo aplicativo em seu celular, veja sempre os comentários e preste atenção no número de downloads e relatos da comunidade para identificar armadilhas.

4. Manter o sistema operacional sempre atualizado

As atualizações do sistema operacional do smartphone não servem apenas para as melhorias visuais e a novas funções. Estes updates trazem também as últimas evoluções em segurança, além de otimizarem o uso dos recursos de hardware e o consumo de memória, bateria e processador.

5. Cuidados com o Wireless e Bluetooth

Você tem o costume de sempre deixar o Wireless e o Bluetooth de seu dispositivo ativados? Então tenha cuidado, pois você está correndo perigo.

 

Recomendamos desativar essas duas opções quando for sair de casa, dando preferência às redes 3G e 4G sempre que possível. Ative o WiFi e o Bluetooth apenas quando você estiver em locais de confiança, como a casa de um amigo ou a empresa em que você trabalha.

 

O motivo é que as redes públicas, como de praças, restaurantes e shoppings, foram projetadas para o acesso sem nenhum sistema de segurança, diferentemente daquelas projetadas para uso pessoal e empresarial.

 

Pela facilidade de acesso, muitos hackers aguardam o acesso de dispositivos vulneráveis em redes públicas e rapidamente conseguem dados de acesso dos aparelhos, roubando as informações desejadas.

 

A invasão por Bluetooth é algo raro, mas em função da popularização dos aparelhos vestíveis (como fones de ouvido e smartwatchs), esse tipo de invasão tende a aumentar nos próximos anos.

 

Estas são dicas importantes de como aumentar a segurança de dados do seu smartphone. Seguindo nossas dicas e ficando de olho em atividades suspeitas, você estará muito mais protegido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Carrinho (0)

Cart is empty Seu carrinho está vazio.

Vo Levar Xiaomi BH

O preço mais barato de Xiaomi em BH



Precisando de ajuda?